Existe um grupo de pessoas que sonha com a possibilidade de gerar versões "HTML estáticas" de seus sites tradicionalmente mantidos em um CMS dinâmico (Content Management System — Sistema de Gestão de Conteúdo).

Quem fizer uma busca pela Internet vai encontrar algumas dezenas de tutoriais propondo-se a atender esta demanda; dos que eu acompanhei (apenas analisando ou tentando implementar) nenhum conseguiu cumprir o que prometia, fosse por ignorar alguns itens fundamentais, fosse por terem sido elaborados para atender uma necessidade muito diferente da minha.

CMSs dinâmicos × CMSs estáticos

Há dois tipos de gerenciadores de conteúdo, basicamente: os dinâmicos

Continuar leitura