É comum que as empresas de hospedagem que se importam com os aspectos de segurança dos sites dos seus clientes impeçam o acesso ao MySQL a não ser pelo localhost (ou seja, a partir da mesma máquina onde o serviço está sendo executado). Para a maioria dos casos o phpMyAdmin vai ser o suficiente para permitir acesso quase direto ao banco (via interface web), porém há situações em que é muito melhor poder usar um programa do tipo desktop para gerenciar os dados que, em última análise, pertencem ao cliente.

Vou ensinar aqui como fazer acesso direto usando um excelente cliente de MySQL, o Sequel Pro, disponível para Mac OS X. Existem outros clientes que poderão fazer a mesma coisa, para outros ambientes e também para o OS X, o importante é configurar o túnel SSH que dará acesso direto ao banco, sem ferir as diretivas de segurança do servidor.

Configurando o Sequel Pro

Para configurar corretamente o Sequel Pro para acessar seu banco de dados você vai precisar de:

  • nome do banco de dados (meio óbvio, mas é melhor pecar pelo excesso);
  • usuário com acesso ao banco;
  • senha do usuário
  • usuário de SSH com acesso ao servidor;
  • senha do usuário de SSH;
  • endereço IP ou nome de host do servidor remoto.

Ao abrir o programa pela primeira vez você poderá fazer uma Quick Connect (conexão rápida) ou criar um favorito para facilitar acessos subsequentes ao mesmo banco. O procedimento é o mesmo, então vou demonstrar como criar o favorito.

Na imagem acima vêem-se dois favoritos já criados, e iniciado o processo de criação de um terceiro.

Para o nosso propósito, você deve ir direto na aba SSH e preencher todos os campos, conforme a imagem abaixo.

  • MySQL Host deve conter o IP (ou nome de host) do servidor remoto;
  • Username é o nome do usuário que tem acesso aos bancos de dados;
  • Password é a senha do usuário de MySQL;
  • Database e Port podem ficar em branco, pois você poderá escolher o banco de dados posteriormente, e a porta é padrão;
  • SSH Host é o IP do servidor remoto, é o mesmo que você informou em MySQL Host (se não for, é muito provável de que você não precise deste tutorial);
  • SSH User é o nome de usuário de SSH, que não necessáriamente é o mesmo do MySQL mas provavelmente é o mesmo de SFTP (em caso de dúvida confirme com seu provedor de hospedagem);
  • SSH Password é a senha do usuário de SSH;
  • SSH Port não precisa ser preenchido, a não ser que seu servidor use uma porta não padrão para o SSH (confirme com seu provedor de hospedagem em caso de dúvida).

Terminando de preencher os dados clique no botão de salvar, e você já poderá acessar o seu banco de dados remoto via Internet, como se fosse local, com toda a segurança, através de um túnel criptografado SSH.

Deste ponto em diante sempre que quiser acessar o banco remoto é só clicar no favorito (à esquerda da tela) e mandar conectar (Connect).