Destaque

Resetando a senha de root do MySQL do jeito sujo

Às vezes um administrador de sistema precisa trocar a senha de root do MySQL pela linha de comando, não importam as razões.

Minha maneira favorita consiste nos dois passos abaixo.

Passo 1: reiniciar o MySQL sem considerar as permissões

Primeiro a gente para o MySQL e o reinicia desconsiderando todas as permissões, depois entra no MySQ como root:

service mysql stop  
mysqld --skip-grant-tables &  
mysql -u root mysql  

Passo 2: trocar a senha

Agora é só trocar a senha do MySQL executando a sequência abaixo (sendo que SENHA deve ser a sua senha desejada):

UPDATE user SET Password=PASSWORD('YOURNEWPASSWORD')

Continuar leitura

Destaque
Conheça o Franz, mensageiro multiprotocolo e multiplataforma

Conheça o Franz, mensageiro multiprotocolo e multiplataforma

Um problema que sempre existiu desde que o ICQ perdeu espaço para o MSN Messenger é a dificuldade de gerenciar múltiplas contas de mensageiros instantâneos ao mesmo tempo.

Eu mesmo, que me considero bem ponderado no que diz respeito a isso, tenho nada menos do que sete mensageiros ativos.

No passado houve tentativas de unificar todas as contas em um mesmo programa, o que sempre foi complicado porque perdiam-se muitos recursos de cada plataforma. Ainda há sistemas que integram vários protocolos, mas a impressão que tenho é que as pessoas cada vez menos usam essas gambiarras.

Entretanto, a maioria

Continuar leitura

Destaque

Como acessar MySQL remoto mesmo que bloqueado no servidor

É comum que as empresas de hospedagem que se importam com os aspectos de segurança dos sites dos seus clientes impeçam o acesso ao MySQL a não ser pelo localhost (ou seja, a partir da mesma máquina onde o serviço está sendo executado). Para a maioria dos casos o phpMyAdmin vai ser o suficiente para permitir acesso quase direto ao banco (via interface web), porém há situações em que é muito melhor poder usar um programa do tipo desktop para gerenciar os dados que, em última análise, pertencem ao cliente.

Vou ensinar aqui como fazer acesso direto usando um excelente

Continuar leitura

Destaque
Inserindo o Código do Analytics com o PageSpeed

Inserindo o Código do Analytics com o PageSpeed

Um dos problemas mais comuns quando trocamos o template de um site, ou no caso de sites HTML estáticos gerados manualmente, é esquecer de adicionar o código de rastreamento do Google Analytics.

Em blog WordPress esse problema não chega a afetar tanto, pois há plugins que só fazem isso: garantir que o código esteja presente em todas as páginas, a despeito de configuração do tema. Num mundo perfeito, seria um plugin que uma vez ativado e configurado jamais seria necessário mexer nele novamente.

A boa notícia é que o ModPageSpeed tem um filtro que garante que todas as páginas

Continuar leitura

Destaque
Como Transformar um Blog em HTML Estático

Como Transformar um Blog em HTML Estático

Existe um grupo de pessoas que sonha com a possibilidade de gerar versões "HTML estáticas" de seus sites tradicionalmente mantidos em um CMS dinâmico (Content Management System — Sistema de Gestão de Conteúdo).

Quem fizer uma busca pela Internet vai encontrar algumas dezenas de tutoriais propondo-se a atender esta demanda; dos que eu acompanhei (apenas analisando ou tentando implementar) nenhum conseguiu cumprir o que prometia, fosse por ignorar alguns itens fundamentais, fosse por terem sido elaborados para atender uma necessidade muito diferente da minha.

CMSs dinâmicos × CMSs estáticos

Há dois tipos de gerenciadores de conteúdo, basicamente: os dinâmicos

Continuar leitura

Destaque

Use Somente URLs Relativas em seu Blog WordPress com o WP Super Cache

URLs relativas são URLs que não incluem as partículas de protocolo e nome de domínio a que pertencem. Exemplos:

  • /sobre.html
  • /contato.php
  • home.php

As URLs são ser relativas somente à "pasta" em que se encontram (como no home.php acima); para que uma URL seja relativa à raiz do domínio ou subdomínio é necessário que ela comece com o caractere de barra, como nos dois primeiros exemplos.

Em contrapartida, URLs absolutas são as que incluem pelo menos o nome do domínio (com a chegada do HTML5 o protocolo passou a ser opcional). Exemplos:

  • //wp.sarmento.org/teste.html

Continuar leitura

Destaque
Otimizando imagens ‘à Moda Hacker’

Otimizando imagens ‘à Moda Hacker’

Apesar de as conexões de Internet estarem cada vez mais rápidas, assim como os computadores e dispositivos em geral com acesso à Internet, a obsessão por sites que carreguem cada vez mais rápido se torna cada vez mais presente e constante. Eu sei, comigo é assim também.

Embora o código HTML (ou CSS e JavaScript) das páginas seja importante para o rápido carregamento de uma página, as imagens incluídas ainda são os objetos mais pesados e que mais “atrasam” os índices de desempenho que a cada dia influenciam mais o ranqueamento dos sites.

Um estudo de caso

Na verdade,

Continuar leitura

Destaque

Layout Responsivo não é Modinha

No meu trabalho do dia a dia, na PortoFácil Hospedagem de Sites, não é raro que eu encontre problemas nos sites de clientes causados pelo "tema" que usam em seus WordPress.

Dentre os problemas mais recorrentes estão as dificuldades relativas a cache: ora aparece a versão mobile para os clientes de desktop, ora o inverso. Isso quando o cache não fica totalmente comprometido porque a versão mobile normalmente não tem cache nenhum, e já não é mais segredo para ninguém que as pessoas estão usando muito mais dispositivos de mão para acessar a Web do que usando computadores.

"Essa coisa

Continuar leitura

Destaque

Como Livrar-se dos Comentários dos Portais de Noticias

Todo mundo que usa a Internet, em algum momento da vida, já teve o dia estragado por ter tido a péssima ideia de ler alguma notícia de portal, e "dar uma olhada" nos comentários.

Se você sabe do que estou falando, e como eu não aguenta ter de conviver com o tipo de energúmeno que frequenta tais espaços, eu tenho a solução.

Em linhas gerais, você vai precisar instalar um userscript no seu navegador. Vou dar as instruções para fazer isso no Chrome.

Primeiro de tudo, você precisa instalar uma extensão chamada Tampermonkey, que é o mecanismo que vai permitir

Continuar leitura